A INFLUÊNCIA DO FACEBOOK NAS VENDAS - por Dueck Facco
25/02/2013

 


Venho acompanhando há muito tempo a reação comportamental das pessoas nessa ferramenta. Muitas vezes fico surpreso com os absurdos de postagens, mas também fico impressionado com a criatividade que muitos conseguem imputar no cotidiano desse segmento.

 

 

Como toda ferramenta de relacionamento social e com suas evoluções tecnológicas, teremos a cada dia um upgrade de facilidades que promoverão uma diversidade de opções de contatos.

 

 

Porém temos que ficar atentos a alguns pontos que podem transformar uma simples postagem em um fórum de debates e movimento social muito forte.

 

 

Quando fui convocado pela SC para comentar sobre a influência do facebook nas vendas, a primeira coisa que fiz foi sair do e-mail com o pedido e entrar na tela do faceboock. E a primeira coisa que vi, foi um anúncio de indignação por alguns usuários de uma empresa de prestação de serviços de telefonia.

 

 

Busquei clicar nos comentários para entender o que estava acontecendo. O mais louco de tudo isso, foi ver um verdadeiro desabafo sobre a qualidade da prestadora de serviços. E alí tinham comentários diversos, desde desabafos sem fundamento, comentários chulos, palavras de baixo calão ou seja, pouquíssima consistência e nenhuma sugestão e/ou dicas para melhora dos serviços.

 

 

Outro ponto que me chamou atenção foi a idade e o nível social de muitos participantes. Novamente me assustei com a coragem social e a falta de critério que essas pessoas tiveram nesses comentários.

 

 

O Facebook virou um púlpito popular muito forte e com a falta de critério e/ou regras, é permitido que cada um, falso ou verdadeiro, use um perfil para manifestar suas opiniões e interpretações sobre os mais diversos assuntos.

 

 

Voltando a influência do facebook nas vendas, sugiro ter muito cuidado. Se você, profissional de vendas, não está olhando para essa ferramenta, passe a fazê-lo imediatamente.

 

 

Não esqueça que pessoa física não é a mesma coisa de uma pessoa Jurídica. Por isso, não use em sua página anúncios da empresa que você trabalha e/ou produtos que você vende. Você pode entrar em uma discussão seria e sem poder de defesa.

 

 

Se você, empresa, vai ter uma página nessa ferramenta, tenha um gestor para a mesma e não deixe que ele manifeste seu sentimento pessoal sobre os comentários. Esse gestor precisa entender e ser treinado para se manifestar como pessoa Jurídica e saber os conceitos básicos da empresa.

 

 

Portanto: cuidado!!! Estabeleça uma linha de conduta, se vai vender algo no facebook, aprenda primeiramente como. Tome muito cuidado com o que escreve, com as propostas e mais do que isso, se está preparado para responder e/ou participar de um debate negativo.

 

 

Agora a pergunta: "Você acha que o facebook pode influenciar as vendas?" Sim eu acredito!!! Mas acredito que você precisa, acima de tudo, estar bem preparado para isso. Caso contrário, fique somente nos comentários, pois, você pode criar uma comunidade descontente e, aí sim, destruir suas vendas.

 

 

Leitores SC, obrigado pela atenção e pelo tema! Apesar de polêmico, está mais do que na hora de discutirmos esses assuntos e informarmos as pessoas sobre como, profissionalmente, devemos nos portar nesse ambiente virtual.

 

 

Aguardo semana que vem um novo tema para trabalharmos juntos.

 


Dueck Facco - comentarista SC.